terça-feira, 5 de maio de 2015

Entrevista com Arisco Baiano

Entrevista com o jovem campeão brasileiro da ANB na categoria Super welter, diretamente da Bahia, Arisco Baiano.



Como e por que começou a  praticar boxe?
Foi através de meu irmão mais velho, que já praticava na academia garra no bairro do Saboeiro Cabula.

Por que motivo foi ao boxe?
Eu era muito brigão na escola gostava muito de lutas, recebi vários convites para treinar outras modalidades como capoeira, Karatê, futebol etc. mas o que eu gostei e me identifiquei mesmo foi com o boxe. Na escola e na rua qualquer tipo de ofensas ou desentendimento com os colegas era motivo de briga ou discussões.

Como foi seu primeiro combate?
Minha primeira luta foi pela academia garra onde eu treinava, lutei contra a academia união do professor messias que fica em Cosme de farias, onde me sair bem em minha estreia eu vim a empatar a luta contra um adversário mais experiente do que eu. A partir daquela luta não parei mais.

Como reagiu sua família ao saber que você estava boxeando?
Minha mãe e meu pai nunca me apoiaram, sempre criticava em relação ao boxe nunca estava de acordo. Meu irmão mais velho que gostou por que nós iriamos treinar juntos, pra vocês terem ideia de minhas 50 lutas como amador e 13 como profissional minha mãe só foi em apenas uma de toda a minha carreira, e depois que comecei a ganhar títulos e aparecer na televisão ai que minha mãe começou a gostar e ficar feliz comigo. Meu irmão mais novo que sempre achou o máximo em ter um irmão boxeador na família ficava sempre contente quando eu iria lutar.

Quais foram as maiores dificuldades no seu inicio?
Conciliar escola, trabalho e os treinos de boxe, falta de apoio ou patrocínio.


Qual é sua equipe?
Minha equipe hoje é academia Nocaute em Salvador Bahia no bairro de Pernambués com o professor Mone, onde ele vem desenvolvendo um trabalho muito bom específico e diferenciado comigo onde venho obtendo ótimos resultados em meus combates pelo Brasil.

Quem são seus ídolos no boxe?
Miguel Cotto, Manny Pacquiao e Guillermo Rigondeaux.

Você é o atual campeão Brasileiro da categoria super welter 63,500 pela ANB  Brasil, já tem data para uma defesa?
Eu luto agora em maio em São Paulo data a ser definida ainda, luto dia 06 de junho de 2015 contra um argentino em Itabuna Bahia, meu time já está entrando em negociação para já fazer a defesa no máximo em julho data à ser definida também por eles.

Você gosta de futebol?
Não, somente para assisti algum time que gosto e não sei nem jogar bola, muito menos para onde á bola vai. 

Para qual time você torce?
Bahia e Palmeiras.

Deixe uma mensagem para seus fãs:
Gostaria de agradecer o carinho, admiração e o respeito pelo Arisco, pela minha nobre arte que pratico que todos admiram, sozinho não andamos e juntos somos mais fortes, obrigados à todos de coração que cobravam o meu retorno aos ringues tá ai Arisco em outra performance só que agora como campeão brasileiro. E aguardem que ainda vou dar muitas alegrias á todos vocês ao redor do mundo.

Por Márcio Goulart Reginatto - Boxeando.Net